Sua verba é limitada? Descubra como montar um supermercado com POUCO DINHEIRO agora mesmo!

Saber como montar um minimercado com pouco dinheiro pode ser uma tarefa complicada se não contar com a ajuda correta!

Você, certamente, em algum momento de sua vida, já deve ter se perguntado como montar um minimercado com pouco dinheiro.

Um minimercado é uma excelente opção de negócio por conta da facilidade relacionada ao público-alvo, que além de amplo, pode ser encontrado em quase qualquer lugar onde você possa montar o seu negócio.

Para saber como montar um minimercado com pouco dinheiro, você precisará de algum conhecimento específico que te ajude com essa tarefa e muito provavelmente de alguma ajuda especializada.

Mas não se preocupe, neste artigo, traremos algumas informações importantes de como montar um minimercado com pouco dinheiro, pois entendemos que o simples fato de querer montar um negócio ou, mais especificamente, um minimercado, já te capacita para adquirir todo e qualquer conhecimento sobre o negócio.

Como montar um minimercado com pouco dinheiro?

Quando se pensa em como montar um minimercado com pouco dinheiro, você não pode deixar de pensar na economia como principal fator. Sabendo disso, preparamos alguns tópicos para te ajudar nesse sentido, entre eles:

  • Comece com poucos itens;
  • Compartilhe o local;
  • Negocie direto com o fornecedor;
  • Administre o seu negócio.

Entraremos em detalhes sobre cada um desses tópicos para que possamos entender melhor como montar um minimercado com pouco dinheiro.

Comece com poucos itens

Se o propósito é começar utilizando poucos recursos financeiros, precisamos pensar em montar um minimercado com poucos itens, embora itens essenciais. Estamos falando daqueles itens básicos que não podem faltar na casa do seu consumidor. Vale o estudo sobre.

Compartilhe o local

Compartilhar o local pode ser uma grande oportunidade para gastar menos, você pode abrir o minimercado em uma garagem em sua casa ou até mesmo compartilhar com algum outro comércio, contudo o outro negócio não pode ser concorrência em relação à venda dos seus produtos.

Negocie direto com o fornecedor

Negociar diretamente com cada fornecedor pode trazer uma economia bastante significativa, sendo assim, procure negociar valores e prazos, de forma que essa estratégia te faça gastar menos dinheiro.

Administre o seu negócio

Tome todas as atitudes em relação à divulgação do seu mini mercadinho, publique promoções, elabore formas físicas e digitais de chamar a atenção de seus clientes e atenda todos os clientes da melhor forma possível.

A contabilidade pode ser um problema

Não conhecer nada sobre contabilidade pode ser um grave problema para o seu minimercado. A falta de conhecimento específico pode acarretar em despesas a mais com o pagamento de juros e multas, levando o seu minimercado à falência. 

Conte com uma solução especializada

Contar com uma contabilidade especializada em mercado varejista pode ser determinante se você quer montar um minimercado com pouco dinheiro.

Conte conosco, da WR

Se você quer saber como montar um minimercado com pouco dinheiro, conte conosco, da WR Contabilidade & Consultoria, pois somos uma contabilidade especialista em comércio varejista e podemos ajudar o seu minimercado a alcançar o sucesso.

Entre em contato conosco através do nosso website e saiba mais.

QUERO OBTER SUCESSO EM MEU MINIMERCADO

Os aspectos a respeito do ICMS sobre preço de alimentos, que você precisa saber!

Entenda sobre o ICMS sobre preço de alimentos e saiba como isso impacta o seu minimercado! 

A gestão de um negócio, independente do porte, depende de diversos fatores, sendo que muitos deles não estão sob o controle do gestor, sendo necessário entender e se adaptar aos impactos.

Um grande exemplo disso são os impostos, os quais são uma responsabilidade de cada empresa, exigindo que se tenha um preparo para lidar com o impacto financeiro causado por eles.

E quando falamos de um minimercado, mais um impacto precisa ser considerado: o impacto causado nos seus preços e, consequentemente, no bolso dos clientes…

Por isso, preparamos esse artigo para falar especificamente sobre o ICMS sobre preço de alimentos, como funciona e como afeta seu minimercado.

ICMS sobre preço de alimentos – Entenda como funciona! 

ICMS é a sigla para Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, sendo uma responsabilidade para que o seu mercado possa funcionar sem nenhuma pendência fiscal.

Em seu minimercado, esse imposto é muito evidente nos preços dos alimentos, pois, a alíquota de ICMS afeta em sua precificação, afinal, o faturamento que o seu negócio obtém precisa ser capaz de arcar com os impostos, além de gerar lucros.

Impacto em minimercados 

Quando se tem um minimercado, é preciso manter tudo impecável para conseguir competir com mercados de maior porte.

Para isso, os preços são um diferencial essencial, mas que pode ser difícil de aplicar, a depender do ICMS sobre preço de alimentos.

O valor da alíquota de ICMS varia de estado para estado, por isso, é importante ter suporte contábil para lidar com esse imposto de forma adequada, além disso, é algo embutido no preço dos seus alimentos, portanto, atenção com a precificação é essencial.

O impacto de mudanças no ICMS

Para ilustrar de forma completa o impacto que esse imposto tem em seu minimercado e como se manter atento às mudanças é essencial, vamos usar o caso do estado de São Paulo.

Em SP, houve um ajuste fiscal que impactou na alíquota de ICMS, o que trouxe uma consequência significativa: o aumento expressivo dos preços dos alimentos.

Em um minimercado, uma situação como essa demanda muito cuidado e estratégia para reajustar preços, de forma a não perder clientes e se manter na média da concorrência, para permanecer sendo competitivo.

Sendo assim, esse é um imposto ao qual você precisa sempre se manter atualizado.

Conte com quem é especialista no assunto!

Como mencionamos, o suporte contábil é importante, quando se trata de impostos, e entender isso é fundamental.

Quando você tem quem é especialista no assunto te auxiliando a cuidar dessa questão, de forma a garantir a conformidade do seu negócio e preços justos para os clientes e lucrativos para você, o ICMS sobre preço de alimentos não se torna um problema no seu dia a dia.

E para isso, você pode contar conosco, da WR! Somos uma contabilidade especializada em minimercados e preparada para dar todo o suporte que você precisa.

Basta entrar em contato conosco. 

QUERO OBTER SUCESSO EM MEU MINIMERCADO

Confira um passo a passo de como abrir o seu minimercado com êxito 

Neste artigo, saiba tudo o que precisa para abrir seu minimercado para dar lucros 

Muitos empreendedores, quando começam um negócio, apostam em abrir um minimercado. Isso se dá pelo fato de que todo o bairro precisa de um negócio desse tipo para atender a todos os moradores e transeuntes locais. 

Portanto, ter um mercado de vizinhança pode ser algo bastante promissor para todos os envolvidos! 

Mas, para conquistar sucesso, é necessário saber alguns passos essenciais para não ter prejuízos e conseguir, com o tempo, conquistar clientes fiéis.

Acompanhe em nosso artigo! 

1 – Entenda sobre o seu negócio 

Este é um ponto fundamental para quem vai abrir um minimercado. 

Conhecido como mercado de vizinhança, é um tipo de mercado menor e que pode ter somente até quatro caixas registradoras, por exemplo. 

Mesmo assim, são negócios promissores, já que respondem em até 35% do volume total de vendas do segmento de varejo, segundo informações divulgadas pelo Sebrae. 

Logo, pesquise tudo sobre o tema e estude bastante antes de abrir um minimercado! 

2 – Escolha a localização com atenção

Escolher o local no qual o seu negócio será implantado vai fazer toda a diferença, principalmente quando se trata de abrir um minimercado. 

Logo, isso é um fator decisivo para o sucesso do seu minimercado, visto que grande parte dos seus clientes mora perto de onde irá funcionar o empreendimento, ou trabalham pela localidade. 

Por isso, escolha bairros que tenham fácil acesso, com vias, e em que more bastante gente. 

3 – Escolha profissionais com responsabilidade e capacitados 

Os profissionais que irão trabalhar no seu minimercado devem ser escolhidos com responsabilidade. Isso porque eles são a ponte entre seu negócio e os seus clientes. 

E você que ter uma boa imagem da sua empresa, correto? 

Logo, saiba que vai precisar de uma pessoa para ser gerente, e outras para o setor de limpeza, açougue, caixa, estoquista, repositor e entregador. 

Isso no começo, pode ser que a quantidade de funcionários aumente de acordo com o crescimento do seu minimercado. Escolha sempre profissionais capacitados e comprometidos. 

4 – Fique de olho nas exigências burocráticas 

As exigências burocráticas fazem parte de todo o tipo de negócio. Inclusive de um minimercado! 

Portanto, será necessário contratar um contador profissional para obter registros e alvarás, por exemplo. 

Você também deve saber que seu estabelecimento deverá possuir registro na prefeitura ou na administração regional da cidade de funcionamento, bem como em órgãos como a Receita Federal e a Previdência Social. 

Fale com quem entende do assunto!

Portanto, ao abrir seu minimercado, não deixe de procurar quem entende do assunto! Somos a WR Contabilidade e atuamos no ramo de Contabilidade e Gestão Empresarial. 

Possuímos uma equipe altamente qualificada para atender as necessidades de cada cliente, com tranquilidade e segurança em todas as operações do seu negócio. 

Por isso, fale conosco! Basta clicar no canto superior direito do nosso site. 

Aguardamos seu contato!

QUERO OBTER SUCESSO EM MEU MINIMERCADO