Aprenda a fazer um controle de medicamentos eficaz e evite medicamentos vencidos em sua farmácia

Com um bom controle de medicamentos, você evitará problemas quando o assunto é a gestão da sua farmácia

Gerenciar o controle de medicamentos em uma farmácia é uma tarefa que pode parecer comum para os técnicos de farmácia.

Afinal, muitos gastam quase um quarto de sua jornada de trabalho mantendo sistemas de controle de medicamentos e estoque…

Os medicamentos são normalmente comprados de um atacadista, cada um dos quais pode ter um sistema exclusivo para pedidos e, em algumas situações, pode ter a capacidade de estabelecer um estoque que mantém automaticamente quantidades definidas de medicamentos comumente usados.

É importante, na prestação de cuidados de alta qualidade ao paciente, garantir que o medicamento esteja sempre disponível quando for necessário.

Dessa forma, é essencial equilibrar a manutenção de um estoque adequado que possa atender às necessidades do paciente com a minimização de estoque desnecessário.

A maioria das indústrias de medicamentos tem um processo de devolução que pode ser usado quando quantidades excessivas de medicamentos ou medicamentos desnecessários estão na prateleira da farmácia.

Um estoque de farmácia com estoque suficiente geralmente inclui estoque básico e estoque de segurança.

O estoque básico é a quantidade de estoque disponível para atender a um nível médio de demanda, enquanto o estoque de segurança é a quantidade de estoque mantida nas prateleiras para compensar as flutuações na demanda.
Wr Gif Como Reduzir Os Impostos Pagos De Sua Farmacia Ou Drogaria - Contabilidade em Goiânia Goiás | WR Contabilidade e Consultoria

Esteja atento aos medicamentos vencidos em sua farmácia!

Os medicamentos têm datas de validade e requisitos de armazenamento que devem ser conhecidos e seguidos.

Até porque medicamentos que expiraram ou foram armazenados de forma inadequada podem causar alteração na atividade do medicamento, reduções significativas na potência e possíveis danos ao paciente.

Portanto, o seu controle de medicamentos deve contar continuamente com a validação das condições de armazenamento na farmácia e verificar regularmente todo o controle de medicamentos para ter ciência sobre as datas de validade.

As datas de validade baseiam-se em estudos de estabilidade do medicamento na embalagem original fechada, embora os medicamentos sejam considerados válidos até que a data de validade do fabricante tenha expirado, pressupondo-se o armazenamento e embalagem adequados, conforme indicado na bula do produto.

No entanto, exceções podem ser aplicadas a medicamentos que tenham sido identificados como tendo uma data de validade reduzida após a abertura do recipiente.

A maioria das farmácias, seja na comunidade ou no ambiente institucional, tem políticas específicas em vigor sobre a rotação de itens de estoque novos e antigos para minimizar a deterioração do estoque.

Por exemplo, ao arquivar medicamentos de uma nova remessa, os novos produtos são colocados nas prateleiras atrás dos produtos mais antigos, para que aqueles com datas de validade mais curtas sejam usados ​​primeiro.

Outras estratégias de estoque que ajudam a reduzir a deterioração incluem:

  • Aplicação de adesivos coloridos em itens de estoque que estão prestes a expirar;
  • Limitar o uso de itens de curto prazo em compras;
  • Designar farmacêuticos para setores de farmácia específicos para monitorar continuamente os medicamentos que possam estar desatualizados.

Além disso, como produtos selecionados próximos do vencimento, os técnicos de farmácia devem estar familiarizados com as práticas de devolução da fabricante, considerando que cada fornecedor geralmente possui políticas e procedimentos que devem ser seguidos para receber crédito nas devoluções.

Conte sempre com a WR

Nós, da WR, podemos te ajudar com processos relacionados ao controle de medicamentos entre outros processos, pois somos uma contabilidade especializada em farmácias.

Entre em contato conosco e saiba mais sobre como podemos ajudar a sua farmácia!

Tenha maior controle sobre o estoque da sua farmácia com essa planilha de controle de medicamentos!

Lidar com o estoque de uma farmácia tem suas peculiaridades especiais, pois, além de exigir a gestão de todos os produtos comercializados, é necessário que o gestor tenha um conhecimento aprofundado sobre a tributação de cada item…

Até porque, no final das contas, a sua margem de lucro pode ser muito diferente quando você se atenta aos tributos que paga para poder comercializar seus diferentes produtos e medicamentos.

Dessa forma, no artigo de hoje, vamos te ensinar a otimizar esse lucro de maneira efetiva, começando pelo controle dos medicamentos da sua farmácia.

E, caso você ainda não tenha um sistema próprio de gestão de estoque, não se preocupe, pois iremos disponibilizar para você uma planilha de controle de medicamentos gratuita!

Sendo assim, comecemos entendendo o porquê é tão importante conhecer a tributação de medicamento e produto da sua farmácia

Como a gestão de estoque pode diminuir seus gastos com impostos?

No Brasil, nós contamos com um procedimento possível dentro da legislação tributária que se chama regime monofásico…

Esse procedimento consiste no recolhimento dos impostos Pis e Cofins de determinados produtos pela própria fabricante, no início de toda cadeia tributária…

Esse primeiro recolhimento já é equivalente a todas as demais contribuições – realizadas por revendedores dos produtos, no caso, sua farmácia -, sendo assim, você, caso tenha produtos que sofram a tributação monofásica, não precisará pagar pelo PIS e Cofins, reduzindo-os da sua base de cálculo e, consequentemente, otimizando a sua carga tributária e o seu lucro na operação.

Dessa forma, ter uma boa gestão de estoques também pode ajudar a identificar esses produtos e fazer com que sua empresa pague tributos desnecessariamente.
Wr Gif Como Reduzir Os Impostos Pagos De Sua Farmacia Ou Drogaria - Contabilidade em Goiânia Goiás | WR Contabilidade e Consultoria

E como saber quais produtos sobre a tributação monofásica?

O que vai determinar isso é a Instrução Normativa SRF nº 594, de 26 de dezembro de 2005, que separa em categorias, quais os produtos que estão sujeitos à tributação monofásica.

Tais categorias englobam:

  • Combustíveis;
  • Produtos de perfumaria;
  • Produtos de higiene pessoal;
  • Peças de veículos;
  • Bebidas e, claro,
  • Produtos farmacêuticos.

Mas voltando a falar da gestão de estoque para farmácia…

Sendo assim, a maneira de otimizar a sua tributação é ter um controle efetivo de quais produtos são tributados pelo regime monofásico e quais não.

E, para isso, uma planilha de controle de medicamentos se faz muito útil!

Na verdade, por meio de qualquer sistema de controle de estoque para farmácia, você será capaz de catalogar quais produtos são tributados dessa maneira e, assim, reduzir a sua base de cálculo legalmente, diminuindo assim suas despesas com impostos.

Portanto, baixe sua planilha de controle de medicamentos para farmácia aqui!

Sendo assim, agora que você já sabe como essa planilha de controle de medicamentos pode ser decisiva para o sucesso do seu negócio, baixe o seu modelo gratuito agora mesmo, disponibilizado pelo site Smart Planilhas:

Planilha de Controle de Medicamentos Grátis

Ah, e lembre-se: para ter a correta apuração dos seus impostos em regime monofásico, conte conosco, da WR Contabilidade, acessando esta página: Assessoria Fiscal em Goiás.