Farmácia Hospitalar – Como funciona?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

5 dicas para uma gestão eficiente para farmácia hospitalar

Entenda como promover uma gestão impecável para sua farmácia hospitalar e garanta máxima eficácia 

O papel que uma farmácia tem dentro da sociedade é inestimável, afinal, é uma fonte de recursos para tratar e garantir a saúde e bem-estar. 

Dessa forma, é um fator que faz parte da área da saúde e que precisa funcionar de forma impecável para cumprir com o papel que tem. 

E quando falamos de farmácia hospitalar, isso se torna ainda mais importante, demandando uma gestão voltada para garantir o pleno funcionamento e atendimento das demandas. 

Por isso, preparamos este artigo com 5 dicas para uma gestão de farmácia hospitalar impecável. 
Wr Gif Como Reduzir Os Impostos Pagos De Sua Farmacia Ou Drogaria - Contabilidade em Goiânia Goiás | WR Contabilidade e Consultoria

O que é a gestão de farmácia hospitalar? 

Antes de partirmos para as dicas, é essencial ter claro no que consiste uma gestão de farmácia hospitalar e por que é tão importante aplicar as dicas que vamos te dar. 

Toda gestão é pautada em muita análise, estudo, planejamento e execução de aspectos voltados para promover o funcionamento adequado de alguma atividade. 

Sendo assim, quando trazemos isso para a farmácia hospitalar, se trata de todas as ações que vão garantir que sempre tenham os medicamentos necessários, que eles possam ser fornecidos para as áreas dos hospitais de forma adequada, além de um pleno controle sobre todo o estoque. 

O controle preciso disso tudo é essencial para os pacientes atendidos pelo hospital. 

Portanto, vamos às dicas para garantir que tudo esteja sempre nos trilhos.

#1 – Faça um mapeamento completo da sua farmácia hospitalar 

Essa é uma dica que, sim, vai dar trabalho e tomar tempo, contudo, é essencial. 

É preciso ter um mapeamento de todos os medicamentos e também da parte administrativa, ou seja, dos custos que você tem para manter a farmácia. 

Com isso em mãos, aplicar as próximas dicas se torna muito mais simples. 

#2 – Organize o estoque e a farmácia em si 

Lembra do mapeamento de medicamentos da dica anterior? Ele será crucial aqui. 

O estoque de medicamentos da sua farmácia hospitalar precisa ser minuciosamente cuidado para que tudo possa ser reposto antes de acabar e também para analisar se algo não está vencendo em estoque. 

Além desse controle, na farmácia em si, onde os medicamentos ficam disponíveis de forma mais simples para retirada, é preciso ter uma padronização quanto à organização e garantir que seja simples de se encontrar o que precisa. 

#3 – Cuide dos seus custos

É crucial não ter custos excessivos, por isso, utilizando também o mapeamento da primeira dica, é preciso verificar se existem custos que podem ser reduzidos ou cortados. 

Além disso, é crucial estar em dia com suas contas a pagar e a receber. 

#4 – Utilize a tecnologia 

Atualmente, uma gestão realmente eficiente demanda o uso da tecnologia, e isso vale para uma farmácia hospitalar. 

São diversas as opções de software de gestão que você pode pesquisar e optar, podendo ser softwares gerais ou específicos para a área. 

#5 – Tenha aliados 

Gerir uma farmácia hospitalar não é simples, por isso, ter aliados para te ajudar a cuidar de questões burocráticas e que demandam uma expertise mais específica é essencial. 

Afinal, é preciso cumprir com obrigações fiscais, ter relatórios precisos sobre a situação da farmácia e ter absoluto controle sobre os números, e para isso… 

Conte com a WR!

Nós, da WR, podemos te ajudar!

Somos uma contabilidade especializada em farmácias e podemos ser seus aliados para a consolidação de uma gestão de sucesso. 

Não hesite em nos contatar e conhecer mais sobre as nossas soluções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não fique de fora da nossa Newsletter

Cadastre-se e receba semanalmente os conteúdos que preparamos especialmente para você

Recomendado só para você!
O Decreto 10.517/2020 prorrogou novamente os prazos para celebrar os…